vaso-de-pressao-para-amonia

A amônia foi descoberta através da reação da cal virgem com sal amoníaco. Alguns anos depois o gás amônia foi decomposto por meio de uma centelha elétrica em três volumes de hidrogênio para um volume de nitrogênio.

A amônia Anidra pode ser estocada em vasos de pressão para amônia estacionários, que são esferas não refrigeradas levadas a uma pressão de mais ou menos 15 kgf/cm².

Vaso de Pressão é um nome dado para os recipientes capazes de armazenar ou conter fluido pressurizado. Os vasos de pressão são empregados em vários processos de industrias petroquímicas, químicas, álcool, açúcar, alimentar, farmacêutica, entre outras. Todo produto ou material processado tem em alguma etapa de sua fabricação um vaso de pressão durante o processo.

Os vasos de pressão passam por utilização contínua e severa muitas vezes sem paradas diárias para manutenção, onde uma falha ou necessidade de parada não programada traz grandes prejuízos. Além disso, os vasos de pressão muitas vezes trabalham com fluídos tóxicos, inflamáveis ou letais fazendo com que sua fabricação siga normas, testes estabelecidos e inspeções periódicas previstas na NR-13. Essa norma lista os requisitos básicos para a integridade estrutural de vasos de pressão, caldeiras a vapor e suas tubulações de interligação no que diz respeito a instalação, inspeção, operação e manutenção.

Nossos vasos de pressão seguem a norma americana ASME Seção VIII Divisão I e a documentação é fornecida de acordo com a NR-13 do Ministério do Trabalho. Nesta documentação está incluso também o Certificado de Teste Hidrostático.